01/11/2015

Itinerários

Itinerários
repletos de poesias
que navegam pela mente
e as pessoas
todas
possuem a sua face
e quando acho que te encontrei
percebo que os olhos faltam no rosto do moço com o
teu
cabelo
e não é mais o teu cabelo lá
é apenas um amontoado de flores rosas
rosadas pelo amor
rosadas pelos tapas aflitos na cabine do banheiro
os espelhos quebrados
pintados com lágrimas
arranham minhas costas nuas
e a pele  branca torna-se azul
azul cor de
mar
oceano
você é
mar
oceano
imensidão
que naufraga minha alma

o navio ficou em casa

Nenhum comentário:

Postar um comentário