12/03/2016

Engolir.

Engole meu silêncio
Meu passado
Triturado

Engole com seu
Abraço
Seu toque
Minha parte que foi quebrada

Engole
(mesmo que com álcool)
Todos os picotes
Da minha poesia
Que foram feitos
Por dentes manchados com
Gloss labial
Por uma menina há seis anos

Atrás

Nenhum comentário:

Postar um comentário