23/05/2016

Apodrecer.

Eu sei que existe lá dentro uma vontade profunda de se lançar pela janela, não precisa negar. Até seu gato sabe disso. Ele mastiga a ração esperando para poder te assistir cair. E você bate a cabeça na parede, acha que o vizinho não escuta. Mas ele escuta. Escuta bem demais. Porque em um desses domingos, depois que voltou da casa de um amigo com a barriga cheia de cerveja, escutou os gemidos da mulher, que obviamente não eram com ele.

Você se sufoca com a água na hora do banho. Não percebe a presença de um rato. Ele tá te vendo pelo buraquinho do ralo. Você não consegue ver? Verdade, não se toma banho com óculos de grau e muito menos se quebra um desses. Ao meio. O celular também ta assim. Faltam folhas nos cadernos, falta cabelo nessa sua cabeça, falta carne no seu rosto. Feijão, arroz, carne e batata frita: vomitados. Os ossos já foram corroídos, você que não percebeu.

O passarinho já construiu um ninho nesse meio tempo e você nem consegue arrumar a cama. A louça suja ainda está na pia. Os livros empilhados. Tenta escalar, mas percebe que palavras não são capazes de suportar um fardo humano como você. Os contos de fadas passaram a mensagem errada para você e para toda nação de crianças que tiveram a honra, ou a desgraça, de ouvir um desses. Os pais são tão hipócritas que viram piadinha no meu ciclo de amizade. Todos eles morrem e deixam conosco um pedaço que aos poucos, apodrece. E vamos confessar: você já apodreceu por inteiro. Eu nem sabia que alguém como você duraria todo esse tempo. Acho que quem quer pular da janela é eu, não você.


Eu sou a parte que não apodreceu dentro de você (e que está tentando fugir)

6 comentários:

  1. Isso parece tanto a vida de alguém com depressão.
    Acabei bugando na parte do vizinho, mas adorei o texto.

    - Ice Fairy (http://theicefairy.blogspot.com.br)

    ResponderExcluir
  2. Se você pensasse em pular da janela, eu te daria as asas da minha imaginação, penso que gente como tu tem que estar aqui, na terra,pra tornar melhor existir num mundo em que tua poesia faz um sentido maior do o que o lido nas entrelinhas.
    Gostei dessa tua crueldade condescendente, que nos descreve como gente capaz de falhar no crer em si mesmo.
    Gosto de ti,uma boa semana.

    ResponderExcluir
  3. que lindeza. por que você não posta no whattpad? eu iria amar acompanhar. depois desse texto eu leria até a tua lista de compras.

    xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ah não sei, gosto bastante do blogspot smdhksajdh
      e que amorrrr! muito obrigada sz

      Excluir