04/07/2016

Sem título.

a Lua parece
perdida
no meio das estrelas
e eu
que estou indo e
voltando
no balanço
tento alcança-lá
mas meus braços
(esses malditos braços)
são curtos demais
e não alcançam nem as
estrelas miúdas
que aos poucos
        uma a
                  uma
deixam de brilhar

e a Lua fica sozinha
no céu que foi engolido pela
escuridão
e eu fico sozinha
no planeta engolido pela
solidão

Nenhum comentário:

Postar um comentário